domingo, 8 de fevereiro de 2009

Zygmunt Bauman

Lá se vão 11 anos desde o início da publicação das obras de Bauman no Brasil. O primeiro livro publicado foi O Mal-Estar da Pós-Modernidade em 1998 (edição original de 1997).

A partir de 10 de fevereiro de 2009 estará disponível nas livrarias A Arte da Vida, publicado em 2008 na Inglaterra. A venda acumulada dos 16 títulos já publicados pela Zahar está em 160.000 exs, o que é um número muito expressivo para um escritor (sociólogo). Certamente esse número representa sua capacidade de escrever e de ser lido por pessoas com as mais diversas formações acadêmicas, para além dos cursos de sociologia. Uma das comunidades no Orkut http://www.orkut.com.br/Main#Community.aspx?cmm=58721 conta, neste momento, com 3.380 membros, muitos com formação e/ou escrevendo teses nas áreas de psicologia, economia, direito, história, sociologia etc.

No YouTube sua popularidade também é elevada, tendo em vista a quantidade de exibições de vídeos sobre ele e suas obras. Segue o link retirado do site da Zahar http://www.youtube.com/results?search_type=&search_query=Zygmunt+Bauman&aq=f

Mas afinal, quem é Zygmunt Bauman?
Bauman nasceu em 19.11.1925 na Polônia. Iniciou sua carreira na Universidade de Varsóvia, onde teve artigos e livros censurados e em 1968 foi afastado da universidade. Logo em seguida emigrou da Polônia, reconstruindo sua carreira no Canadá, Estados Unidos e Austrália, até chegar à Grã-Bretanha, onde em 1971 se tornou professor titular da Universidade de Leeds, cargo que ocupou até 1990. Após sair da Universidade de Leeds aumentou sua produção intelectual tendo publicado praticamente um novo livro por ano. Em 1998 recebeu o prêmio Adorno pelo conjunto da sua obra. (fonte: site da Zahar).

Ainda neste ano de 2009 a Zahar publicará mais dois títulos de Bauman. O próximo, Confiança e Medo na Cidade, está previsto para 24 de Março. Dentre os 16 títulos já publicados as maiores vendas são:
30 mil exs Amor Líquido: sobre a fragilidade dos laços humanos
20 mil exs Globalização: as consequências humanas
16 mil exs Mal-Estar da Pós-Modernidade
16 mil exs Modernidade Líquida



Um de seus mais recentes êxitos de venda é Medo Líquido, lançado em janeiro de 2008 e que já foi comprado por 8 mil leitores.
Para saber mais sobre Bauman leia a entrevista realizada em 2003 por Maria Lúcia Pallares-Burke e publicada em 2004 na Revista Tempo Social da USP. http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S0103-20702004000100015&script=sci_arttext

O resumo é o seguinte: "Nesta entrevista, o sociólogo Zygmunt Bauman reflete sobre vários aspectos da "sociologia humanística" que pratica e também sobre momentos memoráveis de sua trajetória, desde a Polônia comunista até a Inglaterra neo-liberal de Tony Blair."

Nenhum comentário: